A Estátua de Borba Gato

memória e identidade de Santo Amaro

  • Marcia Maria da Graça Costa Universidade Santo Amaro Unisa
  • Alzira Lobo de Arruda Campos Universidade Santo Amaro Unisa

Resumo

A estátua de Borba Gato é o eixo a partir do qual se estabelece uma reflexão sobre as relações entre a sociedade contemporânea e seus monumentos históricos. Em meio à tensão e ao caos urbano das grandes cidades, esses monumentos sobrevivem como lugares de memória. São sinais de reconhecimento e de pertencimento, elementos simbólicos do patrimônio memorial de uma comunidade. A memória social, e a consequente identidade que se apresenta na relação entre o bairro e a estátua, mostra-se difusa e complexa, entre a ideia da estátua como simples monumento, e a memória histórica ali representada. Memória da sociedade, simultaneamente como depositária da história objetiva e da história ideológica.

Publicado
2019-07-01
Como Citar
GRAÇA COSTA, Marcia Maria da; CAMPOS, Alzira Lobo de Arruda. A Estátua de Borba Gato. VEREDAS - Revista Interdisciplinar de Humanidades, [S.l.], v. 2, n. 3, p. 34-54, jul. 2019. ISSN 2595-3508. Disponível em: <http://revista.unisa.br/index.php/1/article/view/78>. Acesso em: 25 ago. 2019.